Minhas 10 primeiras impressões de Toronto + bônus

Antes de começar, esse título “Primeiras impressões de Toronto” é meio que uma mentira porque eu já vim pra cá em 2015, então as minhas primeiras impressões não são exatamente primeiras, ok? Mas como já estou faz mais de um mês aqui, vou falar algumas coisas que reparei de diferente do Brasil.

Não vou citar coisas como tirar o sapato antes de entrar em casa ou compartilhar a máquina de lavar e secar da lavanderia com outras pessoas porque isso eu acho que já é de conhecimento de todos porque sempre vemos nos filmes americanos. Além disso alguns lugares no Brasil possuem lavanderia no prédio e algumas casa já possuem a regra de tirar o sapato antes de entrar, o que eu acho ótimo!

Mas vamos começar com as 10 diferenças:

1. Todo mundo espera o sinal verde de pedestre acender para atravessar a rua. Mesmo se não houver carro passando, mesmo se estiver frio e chovendo, as pessoas só atravessam a rua na faixa e quando o sinal verde acende para os pedestres. Se você fizer diferente disso, provavelmente será xingado.

2. As pessoas tomam muito café! E um café aguado. Parece que todo mundo sai de casa e compra um café no Mc Donald’s, no Starbucks ou no Tim Hortons. Na rua, no ônibus, no metro, você vai sempre ver as pessoas com um copo de café na mão. Acho que isso tem a ver com o clima, afinal o café ajuda a esquentar. Mas no verão as pessoas continuam tomando o café normal ou trocam por um café gelado ou um Frappuccino. Os canadenses em geral sempre estão bebendo algo.

3. Eles são preparados para o clima. Se está chovendo, todo mundo sai com bota de chuva, se está muito frio, isso não é problema. Inclusive se você tiver um cão, porque ele vai passear na chuva com capa de chuva. Aqui ninguém fica com preguiça de sair de casa no frio ou na chuva porque eles estão preparados para as ocasiões, afinal durante seis meses do ano faz frio aqui.

4. Cachorros apáticos. Os cachorros canadenses são beeeem educados e quando eu digo educado é porque eles não latem e não tentam ir atrás dos outros cachorros na rua. É muito comum um cachorro passar do lado do outro na rua e um nem se importar com o outro e vice-versa. Sério, os donos aqui são muito mais rígidos com a educação canina do que no Brasil.

Meu cachorro é considerado mal educado porque ele late para alguns cães.

5. Eles pedem desculpas para tudo. A palavra que eu mais ouvi aqui foi “sorry”. Se alguém te esbarra na rua, se seu cão atrapalhou o passeio do outro, se alguém não segurou a porta pra vc. Eles pedem muitas desculpas, mesmo quando não há necessidade.

6. Há pessoas de todo o mundo aqui e isso é sensacional. Principalmente porque ninguém vai julgar o outro pela aparência. Se tem um cara de turbante na cabeça ninguém vai achar estranho. Se alguém come frango assado com as mãos no metrô, ninguém vai ficar olhando porque isso pode ser comum no país do outro, então isso é muito bom porque cada um fica na sua e vive a sua vida!

7. As pessoas são gentis. Sempre seguram a porta pra você, te cumprimentam com um sorriso, cedem o assento no ônibus para grávidas e idosos mesmo isso não sendo uma lei, se você for pedir informação, um torontiano vai te ajudar com muita satisfação, se você pedir troco em moedas para pegar o ônibus ninguém vai reclamar, etc. Todos são bem solícitos e prontos para ajudar, o que é bem legal!

8. Não tem padaria igual tem no Brasil. Se você quiser comprar um lanche, um refrigerante ou um doce você vai na loja de conveniência e não na padaria. Tem convinience em toda esquina e normalmente elas têm um preço um pouco mais alto, afinal tem a comodidade de comprar várias coisas perto de casa, porque algumas são quase quase um mini mercado. O tamanho das conviniences varia, algumas são maiores que outras.

9. Você não consegue comprar bebida alcoólica depois das 10h da noite, a não ser nos restaurantes. Ou seja, se vc quiser se embebedar, precisa planejar com antecedência. Há apenas três lugares onde você pode comprar bebida alcoólica (comprovando que é maior de idade): lojas da rede LCBO ou Beer store ou no supermercado chamado metro. Como todos eles fecham às 10h da noite, você precisa comprar suas bebidas cedo!

10. Segurança. Isso é meio óbvio, mas eu ainda não acho normal a galera usando Macbook no metro, com a bolsa aberta ou com o celular na mão no meio da rua. Mas a verdade é que a quantidade de furtos e roubos é bem menor por aqui, então você não precisa se preocupar com esses detalhes.

Bônus: A máxima “piriguete não sente frio” também se aplica ao Canadá. Pode estar nevando lá fora, quem é piriguete vai se vestir como piriguete também no frio, não sei iluda! ahahaha! E o melhor é que ninguém liga, cada um cuida da sua vida.

1 thought on “Minhas 10 primeiras impressões de Toronto + bônus”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *